Página Principal
English Version
Quem somosEspécies ameaçadas | Causas de extinçãoNossos animaisProjetosCriadouroCanal nex | LendasAjude | Parceiros | Contato
 

JAGUATIRICA

Nome científico: Leopardus pardalis (Linnaeus, 1758)

Nome comum: Jaguatirica (português), Ocelot (inglês);

História Natural: noturno (maioritariamente) e diurno, terrestre, solitário;

Ambiente: cerrado, caatinga, pantanal, mas principalmente florestas tropicais e subtropicais (inclusive matas de galeria).

Dieta: Inteiramente carnívoro (podem comer animais de porte médio, mais alimentam-se principalmente pequenos vertebrados: roedores, aves e lagartos).

Distribuição geográfica:
do sudeste do Texas e oeste do México até o norte da Argentina (exceto Andes). No Brasil ocorre em todas as regiões, à exceção do sul do Rio Grande do Sul.

Reprodução: o período de gestação é de 70 a 85 dias, com número médio de dois filhotes (1-4). A maturidade sexual acontece entre 18 e 22 meses de idade para as fêmeas e por volta de dois anos e meio para os machos.

Características: É uma espécie de porte médio com comprimento variando de 67 a 100cm, cauda proporcionalmente curta de 30 a 44cm (46% do comprimento do corpo) e peso em torno de 11kg (8-15kg). O corpo é esbelto, a cabeça e as patas são grandes. A pelagem é curta e espessa, de tonalidade básica amarelo-claro e na região ventral a coloração é esbranquiçada. Os pêlos da cabeça e pescoço são revestidos para frente. Apresenta rosetas escuras a partir da extremidade lateral do ventre, que se fundem em estrias na região proximal dos membros. Na região dorsal, as manchas se fundem formando linhas que percorrem o topo do crânio até a base da cauda. As manchas negras tendem a formar rosetas abertas que coalescem formando bandas longitudinais nos lados. Indivíduos jovens assemelham-se muito a exemplares de Leopardus wiedii.

Status: Presente na Lista Oficial dos Mamíferos Brasileiros Ameaçados de Extinção do IBAMA, CITIES apêndice II,

Principais Ameaças: No passado era um dos felinos mais procurados para a peleteria. Atualmente, a destruição do habitat é uma das principais ameaças á sua sobrevivência.

Desenvolvido por: Web Sites Factory